Segunda-feira
17 de Junho de 2019 - 
Experiência, comprometimento e Segurança.

Projeto "Em Busca De Um Lar" terá apoio da Secretaria de Esporte e Lazer do DF

Representantes da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (SELDF) e da Vara da Infância e da Juventude do Distrito Federal (VIJ-DF) se reuniram para debater parcerias voltadas ao projeto “Em busca de um lar” nesta quarta-feira (15). O objetivo do encontro foi buscar apoio na pulgação da iniciativa em eventos esportivos para fortalecer o conhecimento do projeto da VIJ-DF, o que foi prontamente atendido pela SELDF. Tratativas com a pasta vão definir o modelo de pulgação. Nesse primeiro encontro, o assessor técnico da VIJ-DF, Eustáquio Coutinho, apresentou a iniciativa ao secretário de Esporte e Lazer do DF, Leandro Fróes; ao diretor técnico da Federação de Futebol do DF, Márcio Coutinho; e ao assessor da SELDF Francisco Santoro. “O projeto Em busca de um lar dá voz àqueles que são preteridos pela maioria dos pretendentes à adoção de crianças e adolescentes por questão de idade, por pertencerem a grupo de irmãos ou por terem deficiência ou grave problema de saúde”, explicou Eustáquio. Para aumentar as chances de adoção do público do “Em busca de um lar”, a Seção de Comunicação Institucional da Vara (SECOM) está produzindo vídeos e fotos das crianças e dos adolescentes participantes para pulgação em mídias sociais, com o acompanhamento da Seção de Colocação em Família Substituta (SEFAM). Ainda é feito trabalho de reforço de comunicação do projeto com a imprensa, que o apoia por meio da produção de matérias espontâneas. A supervisora da SECOM, Liliana Faraco, defendeu a importância dessa ampla pulgação: “Precisamos chegar até as potenciais famílias adotivas que hoje ainda não estão habilitadas no cadastro de adoção”. Há hoje no cadastro de adoção do DF cerca de 130 crianças e adolescentes aptos a serem adotados e 543 famílias habilitadas a adotar. Saiba mais sobre o projeto aqui.
16/05/2019 (00:00)
Visitas no site:  85650
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia