Quarta-feira
12 de Dezembro de 2018 - 
Experiência, comprometimento e Segurança.

NJM/TJDFT encerra curso de formação para profissionais da rede de proteção à mulher

O Núcleo Judiciário da Mulher (NJM/TJDFT) finalizou nessa quinta-feira, 29/11, o Curso de Formação Abordagem Socionômica de Grupos, com a entrega de certificados aos 30 participantes. A ação, que contou com a presença do Coordenador do NJM e titular do Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, do Núcleo Bandeirante, juiz Ben-Hur Viza, fez parte das atividades da XII Semana Justiça pela Paz em Casa, que se encerra hoje. Iniciado em 27/9, o curso ministrado pela  assistente social Márcia Borba, servidora do NJM, e pelo psicólogo Bruno Schmidt, da Secretaria de Saúde do DF, teve como objetivo discutir a abordagem socionômica na condução de grupos reflexivos e interventivos com autores, vítimas e familiares que vivenciam situações de violência doméstica e familiar contra a mulher. Constituiu, ainda, mais uma ação do Programa de Instrução da Lei Maria da Penha, parceira entre o TJDFT e a SSP/DF. Durante o curso foi apresentada a teoria socionômica, seguida de discussões grupais a respeito dos temas, com a utilização de técnicas de psicodrama socioeducativo que facilitaram a imersão dos educandos na prática sociodramática. A expectativa era promover a prática de leitura e facilitar a discussão nos grupos acerca da violência doméstica, explorando a subjetividade que surge na interação dos inpíduos. Após o término do curso, os educandos puderam compreender melhor o trabalho em grupos e seus inpíduos, de acordo com suas escolhas sociométricas, bem como a importante temática de gênero no contexto grupal - fundamental no trabalho realizado por todos aqueles que participaram da ação formativa: servidores do TJDFT (VIJ, NERAV, VEPERA e NJM), da PMDF, do CBMDF, do NAFAVD, da Casa da Mulher Brasileira, da SSP/DF, e docente da UDF. Uma vez capacitados, os participantes poderão atuar como multiplicadores, difundindo os conhecimentos adquiridos nas respectivas áreas de atuação, formando novos grupos, ampliando e integrando cada vez mais a rede de proteção à mulher.
30/11/2018 (00:00)
Visitas no site:  51761
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia